Chá de 30 Ervas: prós e contras da “sibutramina natural”

Perder peso nem sempre é algo fácil, e muita gente prefere contar com bebidas naturais a ter de ingerir um remédio com efeitos colaterais significativos.

O Chá de 30 Ervas, por exemplo, está entre os queridinhos de quem deseja emagrecer, sendo chamado, inclusive, de “sibutramina natural” por algumas pessoas.

A infusão com 30 ervas medicinais oferece propriedades que atuam de variadas maneiras na redução de medidas. Algumas plantas servem para favorecer a produção de enzimas que metabolizam gordura; outras ajudam a controlar a ansiedade e, portanto, a compulsão alimentar.

Aliás, uma das maiores dificuldades de quem quer ficar em dia com a balança é conter a famosa ansiedade. Por causa dela, não são raras as pessoas que, mesmo conseguido algum avanço por um tempo, acabam recuperando os quilos perdidos – ou até mais, infelizmente.

É o desagradável “efeito sanfona”, que põe em risco não só o regime, mas a saúde também.

cha-emagrecedor

Veja as ervas que geralmente fazem parte desta infusão poderosa:

1. Abacateiro
2. Alcachofra
3. Angélica
4. Boldo-do-chile
5. Cajueiro
6. Carobinha
7. Carqueja
8. Cáscara-sagrada
9. Cavalinha
10. Centella Asiática
11. Chá-verde
12. Chapéu-de-couro
13. Dente-de-leão
14. Douradinha
15. Erva-de-bugre
16. Espinheira-santa
17. Fucus vesiculosos
18. Funcho
19. Graviola
20. Hibisco
21. Jambolão
22. Jurubeba
23. Maracujá
24. Melissa
25. Pau-ferro
26. Pau magro
27. Quebra-pedra
28. Salsaparrilha
29. Sene
30. Sete-sangrias

Só que não existe um padrão a ser seguido, uma fórmula pré-estabelecida. Os tipos de ervas podem variar conforme o fabricante do produto. As ervas mais utilizadas neste chá são: cáscara-sagrada, carqueja, cavalinha, centella asiática, sene, chá-verde e erva-de-bugre.

Geralmente, é feita uma infusão da seguinte forma: 3 colheres de sopa de Chá de 30 Ervas para cada litro de água fervente, deixando descansar durante 5 minutos.

Você encontra o Chá de 30 Ervas em lojas especializadas em produtos naturais, plantas medicinais ou, ainda, na forma de cápsulas e pó.

É sempre bom lembrar que o Chá de 30 Ervas não substitui uma alimentação balanceada e a prática regular de atividades físicas. E que nem todos podem consumir produtos assim sem orientação médica.

Se você quer perder peso, inclua carnes magras, especialmente peixes e frango, além de verduras e frutas, na alimentação diária.

Mesmo sendo uma união de plantas medicinais, o Chá de 30 Ervas não é recomendado para gestantes, mulheres com miomas; pessoas com gastrite, tendência à hemorragia ou infecções de intestino, entre outros casos.

Além de auxiliar na perda de peso, a bebida ajuda a eliminar impurezas do organismo, pois deve ser ingerida nos intervalos das refeições. Com isso, aumenta a produção de urina e, portanto, as idas ao banheiro.

O poder diurético da infusão requer cautela para que não haja perda de líquidos em quantidade que possa prejudicar o equilíbrio do organismo devido à acentuada expulsão de sais minerais.

A dica é tomar bastante água para hidratar o corpo e repor as substâncias durante o uso do Chá de 30 Ervas.

Ao contrário do que muita gente pensa, a retenção de líquido não piora com a boa hidratação. Na verdade, quanto menos ingerimos água, mais o corpo a retém, como uma forma de proteção.

Um jeito de potencializar os efeitos do Chá de 30 Ervas é fazer uma massagem para drenar o excesso de líquidos acumulados no corpo.

Mas tem um detalhe importante: enquanto alguns profissionais indicam o Chá de 30 Ervas para perder peso, existem nutricionistas que condenam seu consumo. Tudo porque acreditam que é perigoso beber chás com mais de 3 ervas. Imagine 30!

Para saber se a bebida é vilã ou mocinha, o ideal é consultar um médico de sua confiança.

Cuide-se, e até breve!

Veja também:

Recomendados para você:

Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •