Chá de cebola é digestivo e combate inflamações; saiba mais aqui

Quem diria que dá para fazer até chá com ela, a cebola, uma figurinha fácil nas mais diversas receitas salgadas desde que o mundo é mundo… Pois é verdade. E hoje você vai entender para que a bebida serve. Vem comigo!


É interessante lembrar primeiro dos nutrientes que a cebola contém: vitaminas e sais minerais (flúor, iodo, magnésio, sódio, cálcio, ferro, fósforo, enxofre, silicatos, etc.).

Benefícios

Entre os benefícios do chá de cebola estão: atuar como expectorante de secreções e mucosidades; auxiliar no combate à tosse e rouquidão; poder anti-inflamatório, útil em casos de ulcerações de variados tipos (pele, garganta, estômago, ossos, cérebro, rins e intestinos).

A bebida é empregada inclusive em condições que impedem o bom funcionamento do estômago e provocam a falta de apetite.

Além de ser digestivo, o chá feito com cebola é diurético e depurativo, auxiliando na eliminação de toxinas e evitando a retenção hídrica.

Assim como o suco de cebola, o chá tem poderes curativos, sendo especialmente aproveitado em doenças relacionadas às vias respiratórias. Mas também contribui para a prevenção de outras enfermidades ligadas ao colesterol alto e à grande concentração de potássio.

E mais: é fonte de vitamina C, isto é, atua como antioxidante e, portanto, aliado da longevidade e bem-estar.

Os flavonoides encontrados no vegetal são os responsáveis por boa parte de seus efeitos, entre os quais estão as capacidades antioxidante, antialérgica, anti-inflamatória, protetora do coração e analgésica.

A cebola apresenta ainda quantidade de importante de quercetina, um flavonoide comum no reino vegetal que favorece a circulação do sangue.

Com alto teor de silício, o chá de cebola serve como protetor das veias e artérias, evitando o envelhecimento delas e reduzindo o risco de formação dos coágulos que podem levar à trombose.

Aprenda preparar o chá de cebola (cascas ou pedaços do vegetal)

É muito simples, anote aí:

1. Ferva pedaços de cebola na medida de 1 xícara de água;
2. Coe, adoce com mel ou açúcar mascavo;
3. Espere amornar e beba até 3 vezes por dia.

Para fazer o chá com as cascas (camada mais externa), basta retirá-las, levá-las ao fogo com 1 xícara de água por 10 minutos. Em seguida, coe e adoce com mel ou açúcar mascavo. Também pode tomar até 3 porções ao dia.

Outras receitas de chá com cebola

1. Coloque 1 xícara de água em uma panela – exceto alumínio-, e leve o recipiente ao fogo;
2. Logo que levantar fervura, adicione 1 colher de sopa de cebola picada;
3. Deixe ferver durante 3 minutos;
4. Espere amornar, coe, adoce com açúcar mascavo (opcional) e beba.

Usando as cascas do vegetal…

1. Despeje as cascas de 1 cebola em uma panela;
2. Acrescente 1 xícara de água e leve ao fogo;
3. Deixe ferver por 10 minutos;
4. Coe, deixe esfriar e beba o chá de cascas de cebola, adoçando com açúcar mascavo se preferir.

E não tem desculpa para não tomar. A não ser que haja impedimento médico, pois mais fácil de encontrar do que a cebola, estou por ver! Em todo supermercado tem, não é mesmo? O preço sempre em conta é outro motivo para investir neste remédio natural.

Muitas pessoas não gostam do sabor forte e da ardência da cebola crua, impossibilitando o consumo dela durante tratamentos contra doenças do cardíacas, por exemplo. O chá de cebola, por outro lado, carrega os benefícios do vegetal, mas tem aroma um pouco mais suave.

Apesar de suas vantagens para o estômago, as pessoas com mais sensibilidade no órgão devem consumir o chá e outros produtos à base de cebola com moderação. Do contrário, a acidez estomacal e os gases podem surgir.

Não deixe de consultar um especialista antes de começar qualquer tratamento fitoterápico.

Cuide-se e até breve…

Recomendados para você:

Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •