Chá de chuchu: sabor suave, fonte de saúde e boa forma

A fama do legume não é boa. Chuchu, para muitos, é algo ‘sem graça’. Mal sabem eles que o alimento possui vários benefícios, inclusive na forma de chá. Quer saber mais sobre o assunto? Dá uma olhada nas vantagens de consumir chuchu e a bebida feita com ele:

  • Favorece o tratamento da pressão alta, por meio do chá de suas folhas
  • Ajuda equilibrar a quantidade de vitamina C em nosso corpo
  • Polpa, sementes, brotos e folhas são ricos em nutrientes, inclusive grandes concentrações de aminoácidos e vitamina C (nas três últimas partes)
  • Conta com ação diurética, permitindo a eliminação do excesso de líquidos no organismo
  • O chá de chuchu é eficaz no tratamento de distúrbios cardiovasculares
  • A bebida pode ser empregada como anti-inflamatório
  • O legume cru, quando esfregado em ferimentos, reduz a chance de marcas na pele, e ainda tem poder cicatrizante
  • É rico em fibras, auxiliando no funcionamento do intestino
  • Tem baixo valor calórico – perfeito para auxiliar em dietas de emagrecimento
  • O alimento contém vitaminas A e do complexo B; potássio, ferro, cálcio, magnésio e fósforo, entre outros
  • Também contribui para o fortalecimento do organismo, e combate os efeitos dos radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce e as doenças
  • O consumo de chuchu regularmente faz bem aos ossos, minimiza a fadiga e a depressão

Lembrando que cálcio e magnésio são essenciais na formação dos ossos, ajudando a prevenir doenças como a osteoporose.

O ferro combate anemia; a vitamina C fortalece o sistema imunológico; as vitaminas do complexo B mantêm o metabolismo em níveis ideais e inibem fadiga e depressão.

Já a niacina, também encontrada no chuchu, estimula o apetite e promove a saúde da pele.

Receita do chá de chuchu (miolo)

Chá de chuchu

  1. Separe o miolo de 5 chuchus
  2. Em uma panela, coloque o legume e 1 litro de água
  3. Ao ferver, deixe o alimento no fogo brando por mais 20 minutos, aproximadamente
  4. Coe e deixe esfriar
  5. Consuma o chá de chuchu a cada três horas

Receita do chá de folhas de chuchu (para hipertensão)

  1. Coloque quatro folhas de chuchu para cada litro de água
  2. Leve ao fogo até alcançar fervura
  3. Depois, cozinhe por mais 10 minutos a partir da fervura
  4. Desligue o fogo, tampe a panela e deixe descansar por cerca de 10 minutos
  5. Coe e consuma o chá de chuchu logo em seguida

Não custa lembrar que a hipertensão é uma doença perigosa que age silenciosamente e causa prejuízos à saúde que podem levar à morte.

Apesar de popular nas cozinhas brasileiras, muitos ainda resistem ao uso do chuchu. Que pena! É um alimento que absorve facilmente o sabor dos temperos e, por isso, pode tranquilamente ganhar um gostinho especial.

Como vimos hoje, está claro que esse legume originário do México e América Central tem elementos de sobra para não sair do cardápio, seja por motivos estéticos ou por qualidade de vida mesmo.

E outra vantagem é que o chuchu resiste bem a diversos tipos de clima. Não é à toa que está espalhado ao redor do mundo.

Para emagrecer, cuidar do bem-estar ou, simplesmente, saborear um alimento leve e nutritivo, o chuchu é uma ótima opção.

Quem sabe um dia ele venha fazer parte do menu diário da maioria dos brasileiros – incluindo aí um chá de chuchu fresquinho para combater enfermidades existentes e evitar novos problemas. Fico na torcida!

Caso você não saiba como escolher o legume, aqui vai uma dica para encerrar: procure os de coloração verde-claro, mais firmes e sem marcas escurecidas ou de insetos.

Ao optar por um chuchu top assim e conservá-lo direitinho em geladeira, ele dura cerca de três semanas.

Aí, é só caprichar nas receitas de chuchu refogado com ervas aromáticas, tortas, cremes, purês e, claro, o chá de chuchu.

Até a próxima!

Recomendados para você: