Chá de Hortelã: refrescante, saudável e amigo da boa forma

A hortelã tem um perfume especial e inconfundível. Mas essa plantinha aromática é muito mais do que um aliado cheiroso contra tosses e resfriados. Hoje você vai conhecer os benefícios dela na manutenção do bem-estar e emagrecimento.

Vantagens do Chá de Hortelã

  • Ajuda na digestão
  • Alivia dores musculares
  • Colabora no tratamento de diarreias, cólicas e dores de estômago
  • Combate dor de garganta
  • É fonte de vitaminas do complexo B
  • Melhora o hálito
  • Pode servir como Vermífugo
  • Suas propriedades ajudam a combater vírus e bactérias, prevenindo gripes e resfriados
  • Tem ação anestésica, antisséptica e calmante

Entre todos os chás medicinais, o de hortelã é um dos mais nutritivos, além de mais “seguro” e de gosto mais agradável. Até mesmo pessoas debilitadas podem consumir o Chá de Hortelã, que ainda melhora o sabor de outras ervas.

A hortelã-pimenta (Mentha piperita) é conhecida como hortelã, hortelã-menta, spearmint e mint (inglês). A hortelã-pimenta inclui os sinônimos botânicos Mentha crispa e Mentha villosa, e faz parte da família Lamiaceae.

A hortelã pode ser consumida em forma de chá, sucos, inalações e tempero no preparo de alimentos. É rica em cálcio, vitaminas, potássio, ferro e fósforo.

As substâncias encontradas nas folhas de hortelã ajudam a regularizar o funcionamento do estômago, a reduzir a acidez estomacal e os gases intestinais. E mais: tomar Chá de Hortelã meia hora antes de dormir combate a insônia.

Quer emagrecer? Conheça o chá seca-barriga.

Chá de Hortelã: conheça mais benefícios

cha-hortela

Além de tudo o que falei nos parágrafos anteriores, o Chá de Hortelã é aliado na luta contra os quilinhos extras. Ele é diurético e ajuda a desinchar o corpo.

Ou seja, o Chá de Hortelã é perfeito para limpar o organismo e afinar a silhueta, naturalmente. De preferência se for consumido com alimentos termogênicos, aqueles que turbinam o metabolismo e melhoram a queima de gordura.

Saiba como preparar o Chá de Hortelã

Separe as folhas (e os talos, se quiser também) da erva medicinal em uma xícara de chá. Em outro recipiente, despeje a hortelã e, em seguida, meio litro de água e aguarde de 5 a 10 minutos. Esse tempo vai definir a consistência do Chá de Hortelã.

Para finalizar, adoce com mel (caso queira) e tome o chá em temperatura ambiente. Ao ser preparado em processo de infusão, são mantidas as propriedades terapêuticas da planta.

História e curiosidades sobre a Hortelã

cha-de-hortela-beneficiosA hortelã-pimenta é uma das plantas medicinais mais antigas usadas pelo homem.

Segundo a mitologia grega, Minthe era um amante de Plutão. Com ciúmes, a esposa de Plutão, Prosperine, transformou Minthe na planta hortelã.

E ainda: em Atenas, as folhas de hortelã-pimenta eram esfregadas nos braços, pois acreditava-se que isso aumentava a resistência a doenças.

Cá entre nós, outro dado (mais atual) sobre a planta: a Mentha spp (M. crispa, M. piperita ou M. villosa) integra a Relação Nacional de Plantas Medicinais de Interesse ao SUS.

A RENISUS é formada de tipos vegetais capazes de avançar nas etapas da cadeia produtiva e de dar origem a produtos que despertam atenção do Ministério da Saúde do Brasil.

Em forma de óleo essencial (aliado a óleos de massagem), a hortelã é empregada em congestões de tórax, dores e febres decorrentes de gripes.

Também pode ser inalada para combater náuseas e congestões. E ainda ajuda a dar aquele saborzinho agradável ao creme dental.

Na culinária, é possível usar folhas frescas de hortelã em iogurtes, carnes, sopas, saladas de frutas e de vegetais.

O bom é que você pode fazer uma pequena horta com a erva aproveitando um cantinho na sua casa ou apartamento, já que a planta possui grande adaptabilidade.

Gostou? Deixe seus comentários aqui, e até breve!

Veja outras opções de bons chás para sua saúde, clique aqui

Recomendados para você:

Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •