Chá Pu-Erh: “Devorador de gordura” tem sabor único e é aliado da saúde

Ele é parente do chá-verde e demais obtidos a partir da Camelia sinensis. Também chamado de chá dos imperadores, o Pu-Erh recebe o nome da cidade chinesa onde foi produzido inicialmente. Conheça hoje as propriedades e benefícios do chá Pu-Erh.


Muita gente não conhece este tipo de chá que, na verdade, tem mais de 1700 anos de história e uma ligação com a nobreza. Sem dúvida, é um dos mais antigos itens do gênero, sendo desfrutado – e muito apreciado – pelos nobres da dinastia Qing (1644-1911).

Assim como os chás branco, verde e preto, o Pu-Erh tem ação desintoxicante, digestiva, diurética e auxiliar do sistema imunológico. Mas um detalhe chama atenção dos fãs desta bebida: sua capacidade de favorecer o metabolismo e, portanto, acelerar a queima de gordura.

O fato de ser o mais estacionado de todos, ou seja, de passar por envelhecimento como os bons vinhos, faz do Pu-Erh ter outras características especiais, inclusive no sabor único. Não é à toa que caiu literalmente no gosto de reis e rainhas.

Confira as principais benefícios do chá Pu-Erh

Digestão – a ingestão frequente da bebida faz dela uma aliada do processo digestivo, pois estimula as secreções gástricas e, ainda, favorece o funcionamento do fígado. Isto é, proporciona duplo benefício.

Emagrecimento – as propriedades do Pu-Erh no quesito reduzir medidas dão ao produto o título de “devorador de gordura”.

Estimulante – a bebida tem a capacidade de provocar suave estado de euforia, ajudando a dar mais ânimo aos que passam por depressão leve, por exemplo. Uma xícara de chá Pu-Erh pode ser uma boa dose de bom humor.

Regulador do colesterol – graças aos seus poderes na quebra de gorduras e no favorecimento da digestão, o chá Pu-Erh acaba afetando positivamente também os níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue.

Reforço da imunidade – este chá vermelho é indicado para melhorar as defesas do organismo, contribuindo com a prevenção de variadas infecções e outras doenças.

Curiosidades sobre o chá envelhecido dos imperadores

A variedade de chás é grande, tanto a nacional quanto a importada. Porém, alguns ganham destaque que vão além de seus benefícios. É o caso do Pu-Erh, conhecido com chá envelhecido.

Aliás, ele é produzido com este objetivo, passar pelo processo de envelhecimento. E na China faz parte da categoria dos pós-fermentados, os “dark teas” ou “black teas”.

Tem mais! Na realidade, existem dois tipos de Pu-erh: o cru e o amadurecido.

O primeiro é obtido quando as folhas são processadas e guardadas para serem fermentadas e envelhecidas. Nesta etapa, lembra muito o chá-verde.

Caso seja consumido desta forma, a cor fica verde amarelada. Mas as folhas são guardadas por anos, até chegarem ao ponto certo de preparo do chá envelhecido.

A erva é prensada em esferas ou blocos e chega a ficar guardada por mais de 10 anos. Os mais raros são comercializados com 30 anos de maturação, o que permite o desenvolvimento de micróbios ativos, dando ao produto o apelido de “chá vivo”.

O Pu-Erh amadurecido ou cozido é uma espécie na qual o envelhecimento dura somente algumas semanas. A aceleração da fermentação faz com que o resultado seja uma bebida artificialmente envelhecida.

A qualidade dos dois chás é diferente. O Pu-Erh cru é muito mais suave, e mais caro! A exemplo dos vinhos envelhecidos, existem chás que custam alguns milhares de dólares.

Já a cor é a mesma no Pu-Erh cru ou cozido; ambos com um tom vermelho amarronzado e escuro.

Precisando dar uma forcinha ao regime? Invista no chá Pu-Erh que, além de ter história, pode derreter a gordura abdominal e revitalizar o organismo. Aproveite a facilidade da internet ou a casa importadora mais próxima de sua casa e saboreie uma bebida digna de reis e rainhas!

Até breve!

Recomendados para você:

Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •