Chá de Cardo-mariano é indicado para o fígado; veja mais

Chá de Cardo-mariano é considerado um bom remédio natural para a esteatose, uma condição também conhecida como gordura no fígado. E hoje vou mostrar como esse aliado da saúde hepática atua, além de outros benefícios em seu consumo.

A fama do Cardo-mariano enquanto aliado do fígado tem base na presença em suas sementes de um composto denominado silimarina. Esta, nada mais é, do que a matéria-prima de muitos remédios alopáticos produzidos para combater os males hepáticos, sendo ideal para proteger o órgão.

O que faz do Cardo-mariano, muito provavelmente, a melhor erva hepatoprotetora que existe. Isto é, pode auxiliar de forma notável em quadros de cirrose e vários outros associados à degeneração da glândula.

Graças à atuação da silimarina, portanto, o Chá de Cardo-mariano é capaz de colaborar na regeneração celular e, também, na desintoxicação do órgão.

Com isso, favorece a digestão das gorduras e contribui para o melhor funcionamento do fígado e da vesícula. Não é à toa que a silimarina encontrada no Cardo-mariano é empregada em uma grande gama de afecções ligadas ao fígado.

E serve também para lutar contra o mal do qual falei no começo do post, um problema conhecido popularmente como fígado gorduroso ou esteatose.

O Cardo-mariano é encontrado atualmente em diversos formatos. O consumo da planta em si não é considerado o ideal, uma vez que a silimarina está presente principalmente nas sementes (frutos).

Acredita-se que suplementos, extratos, tintura e cápsulas sejam as melhores alternativas, pois trazem a concentração adequada para combater os problemas hepáticos.

Porém, seja qual for a opção de consumo da erva (chá, cápsula etc.), ela não deve ser a única medida com objetivo de dar fim a problemas como esteatose. É fundamental contar com um tratamento integral e hábitos mais saudáveis.

Isso inclui dieta pobre em gorduras, dando prioridade a alimentos mais naturais, além de evitar o consumo de álcool e outras toxinas que agridem o fígado.

E mais: é essencial o acompanhamento especializado, a supervisão profissional ao administrar ervas. As plantas medicinais podem ter contraindicações, efeitos colaterais e interações medicamentosas.

O conteúdo deste post tem função de informar. Apenas um médico pode decidir o que é melhor para cada pessoa e prescrever tratamentos de acordo com a situação específica.

Chá de Cardo-mariano: saiba mais sobre ele e seus benefícios

O nome científico do Cardo-mariano é Silybum marianum, mas essa planta medicinal é conhecida popularmente também como cardo-santo, cardo-leiteiro ou serralha-de-folhas.

O Chá de Cardo-mariano pode ser comprado em farmácias de manipulação, lojas de produtos naturais, ervanários e algumas feiras livres.

O cardo-leiteiro é utilizado ainda para aumentar a produção de leite materno, graças à presença da substância silimarina. Lembrando que, especialmente no caso de gestantes e lactantes, é importante contar com aval médico antes de consumir até mesmo produtos naturais.

Além dos problemas hepáticos, o cardo-santo pode ser útil em disfunções no baço, icterícia, enxaqueca, enjoo, varizes e distúrbios na vesícula. Suas propriedades principais são: ação anti-inflamatória; capacidades adstringente, digestiva e diurética.

No caso do Chá de Cardo-mariano, o modo de uso habitual é aproveitar seus frutos para fazer a bebida. O preparo é simples. Basta colocar 1 colher (chá) das sementes trituradas em 1 xícara de água fervente, deixando descansar por 15 minutos e coando em seguida. Está pronto!

Até breve…

Recomendados para você:

Compartilhe com seus amigos!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •